Tag Archives: Formentera; Ilhas Baleares; praias

Formentera e seus 50 tons de azuis

21 out

Todo ano é a mesma história. Passa o inverno terrível e estamos ávidos para pegar uma praia, vestir roupas leves e usar chinelos. E daí destinos como Espanha, Portugal e Itália entram sempre na roda. Todo ano nos prometemos visitar mais outros países que não são destinos de praia, mas daí bate aquela carência de uma praiana e lá vamos nós procurar uma prainha de novo.

IMG_3053

A ideia desse ano era ir a Grécia. Sempre tive muita vontade de conhecer esse paraíso na terra, mas sempre tá caro quando estamos disponíveis. E como moramos na Europa, a gente acaba não tenho aquela pressa, pois sempre estamos na esperança de que aquela promoção perfeita virá…haha.

Com a Grécia caríssima para o nosso bolso, ficamos aleatoriamente no skyscanner  tentando passagens em conta para vários destinos de praia. E acabamos encontrando um ticket super barato para Ibiza. Nos animamos logo, pois adoramos Maiorca, outra ilha balear que visitamos há um tempo atrás. Porém, a gente queria algo mais sossegado e Formentera, felizmente,  apareceu no nosso caminho.

IMG_3058

Das ilhas baleares, é a menorzinha e mais roots. Não tem areroporto na ilha e a forma para acessá-la é por barco partindo de Ibiza.

A ilha é muito calma e preservada. Os moradores da ilha conseguiram impor um ritmo ao turismo de forma a preservar ao máximo as belezas naturais da ilha e a cultura local. Praticamente não há construções na beira do mar e a vegetação da encosta é super preservada. Felizmente, Formentera conseguiu explorar o turismo sustentavelmente.

IMG_2873

Além disso, Formentera tem uma característica especial. Por conta da existência de uma planta marinha que circunda a ilha e faz um tratamento natural na água – possibilitando a areia ser depositada na costa -, Formentera tem praias longuíssimas, de areia branca e mar azul turquesa. Esse fenômeno natural a diferencia das outras praias do Mediterrâneo, onde é mais comum praia com pedrinhas no lugar de areia.

A ilha é muito sossegada e parece que todas as praias são de nudismo. Não há delimitação, nenhuma placa, nada muito demarcado. Vimos pessoas, famílias, casais fazendo nudismo ao lado de pessoas com roupas sem o menor problema e demarcação, em diferentes praias. Todo mundo em perfeita harmonia com o entorno paradisíaco!

Ficamos 1 semana lá. Nem precisa disso tudo, a ilha é pequena, rodamos bastante e visitamos alguns lugares que gostamos mais de uma vez. Porém, como estávamos com bebê de 9 meses, queríamos fazer tudo sem pressa, descansar e aproveitar ao máximo o ócio. =)

IMG_2914

Eis alguns pontos que visitamos na ilha:

Farol de La mola:

Esse farol fica na parte mais alta da ilha e de lá se tem uma linda vista do azul do mar cristalino contrastando com as falésias. Sem contar que é uma ótima oportunidade de ver o famoso lagarto verde fluorescente, símbolo de Formentera. Na volta ou ida, não deixe de parar no Mirador de Formentera, na altura do Restaurante El Mirador. De lá se tem uma espetacular vista da silhueta da ilha.


IMG_2893

IMG_3014

Farol de Cap Barbaria:

Esse farol é lindo. A vista te leva a ver a imensidão. Em dias claro, pode-se avistar a África. O pôr do sol é famoso lá, o sol se põe direto no mar. Quem viu o filme Lúcia e o Sexo, lá se encontra a cova da Lúcia.

Estava ventando absurdamente e não conseguimos ver o por-do-sol por conta do baby, mas valeu muito a visita.20140521_143959 (1)

 

Ses Illetes:

Essa praia se encontra dentro de uma reserva. Para entrar de carro, paga-se uma taxa de uns 3 euros. O carro dá acesso até uma parte, depois o trajeto tem que ser feito à pé.

Amamos esse lugar. Fizemos uma caminhada até a ponta das Illetes para avistar a ilha s’Espalmador. Quanto mais se anda sentido S’Espalmador, mais deserto fica. E há pontos que se consegue ver mar de ambos os lados. Cenário incrível.

IMG_2967

Llevant:

Outra praia linda e delícia. Pode ser acessada por dentro da reserva que leva a Illetes ou por fora. Tanto Llevant e Illetes ficam cheias. Como estávamos com um bebê que na ocasião estava acordando 6 da manhã, não havíamos muita opção. Era partir para a praia cedinho. As duas estavam desertas quando chegamos, mas quando saímos já estavam bem cheias e olha que fomos fora da alta estação.

Es Caló:

Es Calo é uma vilinha de pescadores, onde você pode ver os barcos numa espécie de garagem de madeiras. A praia é de um azul indescritível. Um pouco antes de chegar na vilinha, vindo do centro, há um acesso à praia na parte com mais areia e espaço. A descida para a praia da vilinha é estreita e pedregosa. Tem um restaurante na beira da praia de comidas típicas de Formentera delicioso! Não é barato, mas também não é nada exorbitante, pelo nível da comida e vista hipnotizante. Dá pra ver, inclusive, as falésias de La Mola. O Nome é Es Caló.

20140523_114345

Midjorn:

Essa praia é a maior da ilha, com mais de 20km de extensão de diferentes tons de azuis e areia branca. Ficamos hospedados nessa praia, mas o acesso que tínhamos a ela era ruim. Há um outro acesso melhor chamado S’Arenal, onde havia uma faixa de areia grande e branquinha. Numa das pontas tem um quiosquinho de madeira, excelente para tomar uma cervejinha gelada em pé mesmo, curtinho os 50 tons de azuis do mar.

Cala Saona:

É uma praia pequenina, mas super agradável e bonita. Tem vista para Ibiza e de lá há trilhas para falésias.

Es Pujols:

Não é o centro oficial da ilha, mas um centrinho cool. Tem lojinhas, restaurantes charmosinhos e bares, além da praia, super acessível, inclusive para cadeirantes.

IMG_2867

Saint Francesc Xavier:

É o centro oficial da ilha. Lá se encontram lojinhas, restaurantes e a igrejinha de mesmo nome do século XVIII.

IMG_2853

Alugamos um carro, mas é muito comum e estimulado o uso de bicicletas e motocas para rodar a ilha. Ficamos em Midjorn, numa área bem deserta, longe de qualquer badalação. Para ficar lá, só com um carro ou moto. Há ônibus circulando na ilha, se quiser usar esse meio de transporte, é melhor ficar nos centrinhos São Francisco ou Pujols ou no porto Savina.

Decidimos alugar um apartamento, pois precisavamos de cozinha para preparar comida para o baby, pois íamos ficar 1 semana. Não nos arrependemos, os flats eram simples, mas tinha uma piscina comunitária gostosa (sempre bem vinda quando se tem criança) e super silencioso. Badalação zero, se tiver procurando mais agito, recomendo Es Pujols.

Fomos em maio, fora de estação. Deu para curtir praia, mas o mar ainda estava frio. Deve ser ótimo ir em junho ou setembro, para pegar a ilha numa época mais quente, mas sem a bombação de julho-agosto, altíssima temporada de verão.

Último detalhe, nenhuma foto foi tratada, tudo sem filtro. Esse azulão é isso mesmo, indescritível! ❤

Informações extras:

– Estadia: Allida 

– No aeroporto de Ibiza há companhias que vendem o ônibus até o porto e depois o barco para Formentera. Você pode comprar ida e volta. Com bebê, achamos melhor pegar o pacote do que ir independente. E valeu à pena. Isso porque na volta o nosso barco atrasou, o que nos deixaria numa situação bem tensa quanto ao nosso vôo para Londres em Ibiza. Por sorte havíamos pago por esse serviço. O ônibus que teríamos que pegar para o aeroporto acabamos perdendo. Mas a companhia deixou um motorista para nos pegar, sem a gente nem saber. Saímos correndo no porto, tentando pegar um taxi disponível, quando vimos uma pessoa com a placa da companhia. Nos salvou total! Usamos esse serviço e adoramos no fim: Fly e Vai. Nos custou por volta de 40 euros por pessoa o ônibus mais o barco ida e volta.

Outras fontes:

– http://www.formentera.es/en

– http://www.aproximaviagem.pt/n10/04_formentera.html

– http://planejandoaviagem.wordpress.com/2013/05/06/ilha-de-formentera-a-piccola-italia/

– http://luisapest.wordpress.com/2011/06/14/formentera-uma-ilha-que-nao-foi-roubada-porque-nao-consegui/

-http://aviagemcerta.blogspot.co.uk/2009/07/formentera-o-melhor-lugar-do-mundo.html