Saatchi Gallery

2 ago

A Saatchi Galery é uma galeria voltada somente para arte contemporânea. Ela é totalmente gratuita – como já mencionei aqui, em Londres há um incentivo enorme à produção cultural, existindo muitos museus, eventos e galerias de arte absolutamente free. A Saatchi Galery existe há 25 anos e surgiu para divulgar a arte contemporânea, lançando artistas desconhecidos tanto para o público em geral, quanto para o mercado de arte. Mesmo sem ser apreciadora, fui lá conferir.

Sempre tive muitas resistências à arte contemporânea, talvez por tentar achar respostas lógicas ou unidade nessa arte tão diversa e livre. O que mais me deixa “chateada” nesse tipo de arte é a falta de um título sequer. Você olha, olha, olha e pensa: Que cargas d’águas esse artista pensou para fazer essa obra? Por que isso é arte? Quem disse que isso é arte? Por que o que eu faço na minha casa não é considerado arte e essa privada no meio da galeria é?

Na verdade, acho que meu problema é que quero sempre achar um sentido nas coisas, sempre demando um texto que me dê alguma pista sobre o que pensar. Daí a bronca quando vejo uma obra sem título (rs!). A minha compreensão está tão ligada a um texto, a alguma explicação, que não consigo sentir a obra por mim mesmo. E como não me conecto, não entendo, não sinto e não gosto.

O interessante e bacana dessa arte é essa tentativa de tirar o espectador do lugar de espectador, de dar conta dessa passividade que acaba nos capturando quando vamos a um museu e assistimos tudo aquilo como algo extraordinário porque alguém um dia disse que assim era. Às vezes vejo a arte contemporânea como uma provocação.

Claro que isso não é o suficiente para eu ser apaixonada por esta arte, pelos motivos que já expliquei acima. Mas acho que muitas vezes ela é pega para Cristo e desvalorizada por essa falta de rigor nos seus limites, “mas pode tudo?”, “qualquer coisa é arte?”. De repente precisaremos analisá-la daqui a 50 anos para conseguir ver alguma unidade e os traços da nossa época e assim valorizá-la, coisa que não conseguimos fazer agora porque estamos no calor dos acontecimentos.

Quem quiser ler mais sobre esse assunto, há um post que eu acho fantástico sobre o tema, chamado Arte é o que você quiser, no blog Dorothea da jornalista Renata Peppl. Vale a pena conferir, pois ela discute a questão com muito mais propriedade do que esta que vos fala.

A estação de metrô mais próxima é a Sloane Square e o endereço:

Duke of York’s HQ
King’s Road
London
SW3 4SQ

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: