Imperial War Museun

2 jun

Quando achava que já tinha esgotado todas as minhas possibilidades de museus interessantes e gratuitos em Londres, “descobri” o Imperial War Museun, que eu simplesmente amei.

Os maiores museus de Londres são gratuitos. E não pensem que são museus chinfrins não! São museus enormes com uma vasta coleção e variados entre si. A lista é grande: National Gallery, British Museun, Natural History Museun, Science Museun, Victoria & Albert Museun, Tate Modern e por aí vai.

Eu nunca consegui ver a coleção permanente inteira desses museus e nunca me importei com isso. Como é gratuito, absorvo tudo sem pressa, no meu tempo, no momento que estou disponível. E é tão bom entrar e sair dos museus sem pagar! Isso cria uma relação diferente com os moradores da cidade, pois eles são utilizados por todos, são acessíveis e não pertencem somente a um público apreciador de arte. Eles estão lá, para serem usados por um público diverso, com diferentes propósitos. Há famílias inteiras que passam o fim de semana dentro do museu, almoçam, tomam café, participam das atividades interativas paras as crianças; há trabalhadores que trabalham em suas redondezas e vão almoçar nos seus jardins ou pátio; há alunos com pranchetas, desenhando, anotando, pintando; há turistas fotografando tudo e falando diferentes línguas; há pessoas de passagem, que entram no museu exclusivamente para usar os banheiros e aproveitam para dar uma olhadinha em algo…

Galera tomando um sol em frente ao British Museun

Galera se refrescando no Victoria & Albert Museun

Mas hoje quero falar do Imperial War Museun. Ele não está na lista dos maiores e nem dos mais famosos museus de Londres, mas encontrá-lo foi uma surpresa. Eu achava que o War Museun era um museu sobre tecnologia de guerra, sobre tanques, canhões, armamentos, etc. E isso sinceramente não estava na lista dos meus interesses. Até uma prima, a Luiza, vir nos visitar e falar que  o War Museun era o que ela tinha mais gostado. E daí fui lá conferi-lo por esses dias e vou voltar certamente!

Imperial War Museun

O Imperial War Museun é muito mais sobre o impacto da guerra na vida das pessoas do que propriamente sobre a guerra em si. Ele é dividido por temas: Primeira Guerra Mundial, Segunda Guerra Mundial, Conflitos pós-1945, Crianças na guerra, Holocausto, entre outros.

Imperial War Museun

E foi justamente por poder “ver” o impacto da guerra nas relações sociais, no cotidiano das pessoas, que eu gostei tanto desse museu. O cartaz abaixo (a foto está péssima) ilustra bem essa modificação, quando as mulheres durante a Segunda Guerra Mundial, por exemplo, precisaram assumir diversas funções outrora masculinas, alterando para sempre o papel da mulher na sociedade.

British Women! The Royal air force needs your help!

Cartazes de convocação para a guerra, pedaços de jornais anunciando o racionamento de comida, instruções a serem seguidas no caso de bomba e recomendações de medidas “simples” – como não acender nenhuma luz depois de escurecer, para o local não virar alvo de ataque, ou até mesmo ter cuidado com o que falar pois poderia ser muito perigoso -, te colocam em contato direto com o sofrimento, com as perdas, com as separações, com as privações impostas pelo tempo de guerra.

Your contry needs you

Na parte da Primeira Guerra Mundial há uma Trenche Experience, montagem que simula uma trincheira e na parte da segunda guerra, uma Blitz Experience, que simula um ataque.

Havia placas nas trincheiras !

Suicide Corner - umas das placas "macabras"

A exposição do Holocausto é a maior exposição permanente sobre o tema. As fotos e os relatos são emocionantes e apavorantes. Foi a primeira vez, numa guerra, que recursos industriais foram utilizados para o extermínio em massa. E a pergunta “Como teve lugar na história mundial tamanho genocídio?” não sai da cabeça. Quando falamos em holocausto pensamos logo em judeu, porém, não podemos esquecer que os ciganos, homossexuais, pessoas com deficiências, testemunhas de Jeová, entre outros, também foram perseguidos e exterminados. E quanta criança morreu, por volta de 1,5 milhões!!! Estima-se que, no total, 60 milhões de pessoas morreram durante a Segunda Guerra Mundial…

Essa foto é fantástica! Mulher chorando fazendo saudação a Hitler...

Na parte Crianças na Guerra, havia um relato de uma pessoa que tinha vivido os horrores da Segunda Guerra Mundial dos 11 aos 17 anos. Outro, falava do momento em que se separou dos pais…

"Will I ever see my parents again?"

Acho que à medida que vou conhecendo a história do continente Europeu, vou entendendo melhor as pessoas daqui. No começo ficava impressionada com a economia que eles fazem de tudo. O guardanapo é contado, as casas não tem tanques, os banheiros e a cozinha não tem ralos – o que nos impede de jogar um balde de água e dar aquela lavada -, muitos tomam banho de banheira, embora tenham chuveiro…achava que isso tinha a ver com um conceito diferente de higiene. Mas a cada dia percebo que não! Estou cada vez mais inclinada a achar que tem a ver com as muitas guerras que esse continente atravessou. Eles aprenderam a racionar, a viver com limitações e tiveram que ser práticos para reconstruir os seus países assolados pelas muitas batalhas travadas aqui!

"I pray you to believe what I have said, I reported what I saw and heard but only part of it. For most of it I have no words". Ed Murrow, Buchenwald, 1945

Para ir ao Imperial War Museun, a estação de metrô mais próxima é a Lambeth North, Bakerloo line.

Anúncios

7 Respostas to “Imperial War Museun”

  1. Rafa junho 2, 2011 às 10:36 pm #

    Vamos ter q conhecer esse!Não vejo a hora!bjs

  2. Luisa junho 3, 2011 às 12:35 am #

    Que legal! Parece bem interessante! E adorei sua visão sobre a relação dos londrinos com os museus. Essas coisas a gente não percebe enquanto turista…
    Mas enfim… Em breve, faremos vários desses passeios juntas!
    Beijão! E manda bjo pro Felipe tb!

  3. Vladmir junho 3, 2011 às 10:22 am #

    Rhani!!! Muito legal o post! Lamento muito não ter visitado o Imperial War Museum na minha última visita… Acho que muito do meu interesse pelos conflitos armados, e, em especial, pela II GM, decorre do fato de ser neto de ex-combatente… Não conheci o meu avô, mas o imagino como um verdadeiro herói.
    Bom, não sei se vc conhece, mas há um museu aí que chama “Churchill Cabinets War Museum”… Foi o bunker do qual o Churchill comandou a resistência inglesa e, posteriormente, a ofensiva contra a Alemanha Nazi. Vale a pena dar uma conferida!
    Beijo grande,
    Vlad.

    • desconstruindorhani junho 3, 2011 às 2:32 pm #

      Não sabia, Vlad, que seu avô era um ex-combatente!!!! Mais um motivo para vc voltar a Londres…rs!
      Eu vi um panfleto no War Museun sobre esse do Churchill e me interessei sim…esse é pago né?
      Qq dia vou lá…

      • Vladmir junho 3, 2011 às 2:49 pm #

        Pois é, Rhani… Lá em casa temos uma parede com umas fotos, medalhas e outras honrarias que ele ganhou na Itália… Na próxima vez em que estivermos por lá, te mostro! 😉
        Esse outro museu é pago sim, mas vale a pena… Não pelo museu em si, mas, principalmente, pelas instalações (subterrâneas e bem no centrão de londres).

Trackbacks/Pingbacks

  1. Principais Museus de Londres « desconstruindorhani - outubro 2, 2011

    […] Os maiores e mais importantes museus de Londres são gratuitos. Não pensem que por serem gratuitos são museus “caídos”. Justamente o contrário! São museus enormes, com uma vasta coleção e muito bem conservados! Há muitos turistas, mas também muito morador da cidade. Por serem espaços gratuitos, são lugares para se voltar muitas vezes, nem que seja só para entrar rapidinho, tomar um café e ir ao banheiro (são ótimos, geralmente!). E no inverno, com a impossibilidade de ocupar os espaços ao ar livre, são ótimos locais para se passar o dia. Alguns deles ficam cheios de crianças, há muitas famílias fazendo o programa de domingo neles, como já falei um pouco num post anterior. […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: