Holland Park

20 maio

Diante da dificuldade de recapitular tanta coisa que me aconteceu nesse 1 ano fora, decidi começar pelas coisas que estão perto de mim. O Holland Park desde outubro é o parque mais próximo da minha casa. O curioso é que foi o primeiro parque que conheci em Londres, no meu primeiro dia de passeio pela cidade.

Holland Park - mar 2010/primeiro passeio - Banco do Fernando

E não é que me apeguei a ele? O Holland é um parque relativamente pequeno, comparado aos gigantes Regent’s Park e Hyde Park por exemplo. E por isso mesmo gosto tanto, por ter um ar familiar, de bairro, embora também atraia turistas, já que fica perto de Notting Hill (sempre lotado de visitantes, ainda mais depois do filme “Um lugar chamado Notting Hill”). Muitos acreditam que a cena final do filme foi gravada em um dos bancos do Holland, mas pesquisei e não encontrei nenhuma informação….

Xadrez Gigante Do Holland

E o londrino AMA parques! A minha sensação é de que em todos os bairros há um. São áreas tão valorizadas, que os imóveis ficam mais caros cada vez mais que você se aproxima de um.

Ilustre morador do Holland

No começo achava estranho essa relação do londrino com o parque. Acho que porque nunca frequentei parque em minha vida, afinal, tinha a praia. Então achava que os parques não iriam me chamar a atenção, afinal, que graça tinha ficar estirado na grama sem uma água para me refrescar depois?

Banho de Sol

Acontece que tudo muda e eu quebrei a minha cara! Os parques são uma delícia e servem a muitas funções. Pode ser o lugar para uma corrida. Pode ser o lugar para um café. Pode ser um lugar para ler um livro, escutar uma música. Pode ser um lugar para fazer um piquenique. Pode ser um lugar para simplesmente ver a vida passar…

Café da manhã no Holland

E morando aqui percebi o quanto é necessário ter um local ao ar livre por perto. O frio intenso do inverno e, o pior, a falta de luminosidade, obrigam as pessoas a ficarem somente em locais fechados, com roupas pesadas, por vários meses. Quando o Sol começa a dar sinais de vida por aqui, todos ficam tão alegres que correm para os parques para pegar um solzinho, ainda que fraco, colocar os pés para fora e aproveitar intensamente os meses mais amenos! Isso é que eu mais gosto, a intensidade com a qual as pessoas aproveitam os meses ensolarados…talvez seja uma tentativa (em vão) de absorver toda a energia solar para os meses “terríveis”…hahaha

Holland Park no Inverno

Logo que o tempo começou a melhorar, fui estudar no Holland para aproveitar o lindo dia. Sentei no gramado, coloquei a minha canga e comecei a ler. Alguns minutos depois chegaram três mães com seus respectivos bebês. Colocaram um tapetinho na grama, alocaram seus filhotes nele, disponibilizaram brinquedinhos diversos e abriram um champanhe. Isso mesmo! E ficaram lá papeando, com suas tacinhas de champanhe na mão….fiquei pensando “será alguma comemoração especial?”, “será isso um hábito?”, “isso é normal?”. Enfim, nunca saberei. Só sei que curti esse “way of life”  londrino…;)

Holland Park no Outono

Holland Park na Primavera

Acho o Holland um parque bem “romântico” também. A maioria dos seus bancos tem inscrições, homenagens a pessoas que já se foram e eram apreciadores, frequentadores do parque. Acho lindo, uma tentativa de eternizar momentos felizes um dia vivido naqueles bancos…

Bancos

Inscrição: "In loving memory of Elsie and George who enjoyed many happy hours in Holland Park"

Anúncios

16 Respostas to “Holland Park”

  1. Vladmir maio 20, 2011 às 10:58 am #

    Que maneiro, Rhani! Tenho lido o seu “blog” (e o da Nina também) e acho a iniciativa genial! Em relação a sua admiração pelo romantismo do Holland, pode deixar que, na próxima vez em que eu estiver por essas bandas, irei talhar em um desses bancos: “Titcho e Rhani deram bitocas aqui”. Hehehe…
    Felicidades,
    Vlad.

  2. Fátima de Lanteuil maio 20, 2011 às 7:43 pm #

    Também adoro o Holland Park! Para mim é um dos mais charmosos de Londres. É como você diz: mais acolhedor, romântico, menorzinho (embora também seja bem grandinho). Acho aquele café com as mesinhas em frente ao parquinho infantil uma graça. É uma delícia ficar tomando um chocolate quente e imaginando os meus futuros netinhos brincando no parquinho!!!
    Beijinhos e até breve!
    sua sogrinha “muito coruja”

  3. fernanda maio 20, 2011 às 9:50 pm #

    Oi Rhani! Adorei seu post e também gostei muito da última foto, simples e com muito significado! =)
    Espero poder conhecer o Holland Park um dia, parece ser uma fofura!

  4. Rafa maio 20, 2011 às 10:54 pm #

    Ai, que delícia!
    Estou contando os minutos para desfrutar do parque preferifdo da minha irmã…já estou imaginando Pedro aproveitando o sol na graminha!t amo
    bjos

  5. Joana maio 21, 2011 às 1:27 am #

    Que lindo e que romântico, adorei!!!! Não vejo a hora também de conhecer esse maravilhoso parque!
    Mais uma vez arrasou no post, amiga!
    Beijos sem fim!

  6. Joana maio 21, 2011 às 1:29 am #

    Que lindo e que romântico, adorei!!!!Quero conhecer esse maravilhoso parque!
    Mais uma vez arrasou no post, amiga!
    Beijos sem fim!

  7. Marcelle maio 21, 2011 às 1:07 pm #

    Foi o primeiro parque q vc me levou para conhecer em Londres amiga! É realmente encantador!

  8. Damian maio 22, 2011 às 2:45 pm #

    eh Rhani, adorei, vc captou bem, o que os parques significam para nós Londrinos. fui criado perto de Hollan park, tinha um adventure playground, passei anos passando de skate, jogando bola, passando a noite, namorando etc. o lance do champagne representa bem o povo que mora nestes partes de Londres nestes anos pós “notting Hill o filme”. nos anos 70 e 80 Notting Hill e Holland Park aind eram boemio meio hippy agora é mais dificil. quem mora por aí agora tem mto mais djin djin. o legal é que os parques seguem sendo democraticos pros Londres. recomendo muito Hampstead Heath e Primrose Hill tbm, beijos, Damian

    • desconstruindorhani maio 22, 2011 às 5:56 pm #

      Damian! Fiquei lisonjeada em saber que você gostou do meu post! Afinal, é um londrino falando…conta mais, já que tenho total consciência de que escrevo porque esse mundo aqui ainda me é estranho! Aos poucos vou descobrindo a história da cidade, dos lugares, das pessoas…acho que o blog vai me ajudar nesse processo! 🙂 Adorei saber que você cresceu aqui perto do Holland…sempre acompanho o seu blog e o seu trabalho! Adoro…beijos!

  9. Andrea maio 22, 2011 às 4:29 pm #

    Rhani querida, só esqueceu de dizer que o banco em que tiramos a foto todos juntos já tem dono, é do Fernando!!!Ele já escolhei! rssrrsrs, Olha, adorei re-ver o parque, também o adorava quando morava aí no “nosso flat”…aliáis, quando vc vai contar a história dele no bolg?rsrssrsr, mais beijos

    • desconstruindorhani maio 22, 2011 às 5:49 pm #

      Com certeza! Aquele banco é do Fernando e de mais ninguém…hahaha
      O “nosso flat” merece um post sim! Em breve escreverei sobre ele…hahaha
      Ele tá em gestação…;)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: