E agora José?

16 maio

Desde que saí do Brasil, um pouco mais de 1 ano atrás, algo se modificou na minha relação com o mundo virtual. Se antes pouco ligava, uma vez que eu podia “esbarrar” em qualquer esquina com amigos e familiares, em Londres se tornou uma obsessão. É a minha principal forma de comunicação com meu país. Me vejo horas a fio no facebook, globo.com, gmail e blogs diversos….

E daí pensei “por que não escrever um blog?”. Assim as pessoas do Brasil ficariam sabendo das minhas aventuras em Londres e me pouparia tempo, já que não precisaria atualizar um amigo ou outro de tempo em tempo. Mas cadê a coragem? Não vinha! Veio, 1 ano depois…

Os receios são tantos. Primeiro por conta da exposição, de abrir um espaço pessoal para o mundo e dar a cara a tapa para as múltiplas opiniões. Depois os questionamentos “será que a minha vida é tão interessante assim?”, “qual a necessidade disso?”, “sobre o que escreverei e com qual propósito?”…blá, blá, blá.

Enfim, eis que chegou a hora de deixar o blá, blá, blá e partir para a ação…falar, falar, SÓ falar é o que eu quero! Não importa para quem, pode ser só para mim. Estou precisando fazer, materializar, concretizar…

Termino com uma conversa que tive em 2001 (2002?), quando ainda estudava jornalismo na UFF, com minha querida amiga Camilla Antunes. Me lembro que ela foi fazer uma seleção de estágio na Globo e os candidatos tinham que escrever sobre um assunto super novo, os blogs. Na época comentamos “mas que difícil esse tema?!”. Eu mesma a indaguei: mas o que são os blogs, o que vc escreveu? Ela me explicou: blogs são uma espécie de diários na internet, moda entre os adolescentes. Eu: Hã? Qual o sentido disso? Um diário não é para ser secreto? Qual a lógica?

hahahaha…é, pelo visto muita coisa mudou desde então, inclusive (principalmente) eu…

Anúncios

8 Respostas to “E agora José?”

  1. Camilla Antunes maio 17, 2011 às 2:22 am #

    Amiga, realmente muita coisa mudou de lá para cá. A vida é assim, evoluimos a cada instante. Estamos aqui hoje mas amanhã podemos estar lá. E é daí q vem toda a riqueza da vida.
    Será muito bom ter um lugar para te encontrar a qualquer hora, saber o q está pensando, sentindo, fazendo. Conte comigo na mais nova função de leitora assídua do seu blog!
    bjs!

  2. Luisa maio 17, 2011 às 12:51 pm #

    “Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante..” Rs
    Amiga,
    Adorei a iniciativa! Também estou pra criar um há um tempo (literário). Quem sabe não me inspiro quando estiver respirando os ares europeus?
    Do mais, senti falta de saber as novidades de fato! Que anda fazendo por aí? Londres já está ficando quente de novo? Poste umas fotos tb (preguicinha de ver as do fb.. rs). Pronto, já te dei um monte de tarefas e razões pra vc manter seu novo blog no ar durante um bom tempo!
    Beijinhos saudosos e até breve!
    Lu

    • desconstruindorhani maio 17, 2011 às 1:05 pm #

      Obrigada pelo apoio Lu! Eu super apoio a sua ideia do blog literário..tão a ver com vc, como ainda não foi iniciado? Mas a Europa te inspirará com certeza! 😉

  3. maria maio 17, 2011 às 6:05 pm #

    Que bom, Rhani!! Isso aqui é quase como um divã! É pra dar a cara à tapa sem medo mesmo… Posta logo o segundo! Vou acompanhar. Beijão

    • desconstruindorhani maio 17, 2011 às 7:27 pm #

      Pois é Maria! Você me deu coragem…:) Já postei o segundo, depois vê lá…
      estou animada com esta iniciativa, acho que vai me ajudar com as saudades que sinto de tudo e todos!

  4. Celso do Douro maio 19, 2011 às 12:36 am #

    Minha querida flamenguista. Quem diria que eu estaria aceitando esta provocação de entrar neste meio eletrônico para escrever alguma coisa. Faço por você. Para que a sua distância dos ares tropicais diminuam. Você sabia que eu sou um traumatizado com essa comunicação eletrônica? Talvez seja pela história do desaparecimento da Varig que me levou nos últimos anos a me comunicar por email com muitos dos meus colegas funcionários. E assim foi até a minha chegada na Inglaterra. Recebendo correspondências pesadas, quase sempre falando de perdas e acho que muito por isso, e também é claro pela nova transição que me tirava o tempo livre, fui deixando de lado esse mundo dos emails, priorizando muito o que lia e respondia. Mas no seu caso é diferente. Primeiro pelo que você é, e nós lá em família tanto amamos, pela sua ternura, alegria e sensibilidade de viver. Segundo pela sua vontade de querer enfrentar a vida e descobri-la de verdade. Espero que essa inauguração ganhe densidade, apesar da minha preguiça e resistência que tenho com relação a blogs, facebooks, skypes e outras ferramentas que não param de surgir. Beijos. Celso.

    • desconstruindorhani maio 19, 2011 às 8:10 am #

      Amei seu comentário Dom Celso! Que honra…vencer a resistência e entrar num blog para comentar! Obrigada pelas lindas palavras, querido!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: